Pet Park do Sicília Residence vai promover a interação entre os animais e aproximar moradores

Especialistas apontam que quando o animal fica trancado o dia inteiro em casa ele pode desenvolver diversos problemas de saúde como estresse, obesidade, depressão e má circulação devido a falta de atividades físicas.

A veterinária Cassiana Aquino, de Cuiabá, relata que sempre indica a terapia de convivência entre os animais. Nos condomínios, é possível desenvolver esta prática nos espaços denominados pet plays ou pet parks, onde o animal pode brincar, se exercitar e interagir com outros pets.

A médica veterinária Cassiana Aquino fala da importância do espaço pet

“Para frequentar esses espaços o animal deve estar com as vacinas em dia, vermifugado, livre de ectoparasitas e sem nenhuma doença dermatológica. É importante destacar que em caso de cadelas, elas não devem frequentar esses locais durante o cio”, informa a veterinária.

Para pets que ficam constantemente doentes, o tratamento é conviver com outros bichinhos. “Nesses casos os tutores devem adotar outro pet, mas quando temos esse espaço de convivência entre eles também é ótimo para o dono e para o animal”, esclarece Aquino.

A tutora do Ploc e da Porcelana, Priscila Russo, que moram em Cuiabá, diz que um cão será por toda a sua vida como uma criança de quatro anos. Eles necessitam de atenção, carinho e cuidados.

Ploc, Porcelana e o amiguinho Theo interagem no espaço pet onde moram

“Ter um espaço pet dentro de um condomínio é maravilhoso! Não precisa ser algo grande, só de poder levar o seu animal para brincar, cheirar, correr, interagir com outros animais ou até mesmo para ele poder fazer as suas necessidades fisiológicas é importantíssimo para o bem-estar animal”, comenta Priscila Russo.

Em Cuiabá, o Sicília Residence, empreendimento do Grupo FV,  está seguindo esta tendência. O condomínio contará com um Pet Park dotado de obstáculos, rampa, poste, pneu, hidrante de brinquedo e casinha dinâmica.

Trata-se de um espaço de lazer e entretenimento para os cães e também de socialização para os moradores.

A arquiteta do Grupo FV, Michelle Dinnuci explica que o Pet Park vai além dos animais de estimação. “Ao incluirmos no projeto do Sicília Residence o espaço para pets estamos contemplando tanto os bichinhos de estimação, que terão como se exercitar e interagir com outros animais do condomínio, como promovendo a socialização dos moradores”, observa.

“O empreendimento traz para Cuiabá um novo conceito de moradia, que prioriza a sustentabilidade, qualidade de vida e segurança para as famílias, e esse conceito inclui o cuidado com os pets”, completa o engenheiro Edgar Veggi, diretor do Grupo FV.

O condomínio Sicília Residente está localizado na Avenida Jonas Pinheiro, próximo à Avenida do CPA, em Cuiabá, e reúne vantagens como região privilegiada, conforto, e segurança. Ainda há unidades à venda. Clique AQUI.

 

Fale conosco, estamos online!